Distúrbio de Ansiedade Generalizada

O principal sinal de alerta para o Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) é a sensação de preocupação excessiva. Não uma preocupação como as que costumamos ter no dia a dia, quem sofre de TAG tem este sentimento em um grau extremamente elevado em relação à probabilidade real ou impacto do evento temido.

Esta preocupação excessiva é difícil de controlar, independentemente da causa, e pode afetar exponencialmente o desempenho em atividades diárias e apresentar sintomas físicos, como tensões musculares, dores de cabeça, excesso de suor, diarreias ou constipações, dores no estômago, dificuldade de engolir e a sensação de “nó” na garganta, entre outras.

Não em raros casos, a pessoa procura ajuda médica em outras especialidades por achar que se trata de doença de origem física, mas é orientada pelo médico a procurar o apoio psicológico ou simplesmente dispensada, por não apresentar nenhuma patologia a ser tratada. Por isso não se deve descartar a necessidade de uma avaliação psicológica, pois em muitos casos o paciente sofre com o transtorno por anos antes de procurar ajuda, o que pode levar, de fato, ao desenvolvimento de outras doenças.